O que há de novo
Bem-vindos ao Avensat

Junte-se a nós agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Depois de registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos existentes, dar reputação a seus colegas, obter seu próprio mensageiro particular e muito mais. Também é rápido e totalmente gratuito, então de que estás á espera?

Ciclismo - Giro de Itália 2020

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
GIRO COM DOIS PORTUGUESES


Ruben Guerreiro (EF1) e João Almeida(DQT) estreiam-se hoje na Volta à Itália, aumentando para 27 o total de portugueses já participantes na corrida transalpina, onde o 5.º lugar de José Azevedo em 2001 e as prestações de Acácio da Silva (7.º em 1986, vitória em 5 etapas e dois dias de camisola rosa) são as referências. Sem lideres que corram para a geral na Education First e Deceuninck-Quick Step fica entreaberta a possibilidade dos dois portugueses brilha- rem.


«A experiência que tive na Volta à Espanha poderá ser útil no Giro, onde vou tentar vencer uma etapa», avançou a A BOLA Guerreiro, com Almeida a salientar: «Participar numa grande volta é um mo- mento marcante na minha carreira. Vencer uma etapa será o principal objetivo, mas tudo depende da estratégia da equipa.» O percurso de 3 contrarrelógios, 6 etapas de alta montanha, 7 de média montanha e 5 planas favorece os trepadores, emboram tenham de estar atentos aos 64,9 km de cronos. Sem o vencedor de 2019, Richard Carapaz, são Simon Yates, Geraint Thomas, Vincenzo Nibali, Steven Kruijswijk e Jakob Fuglsang os candidatos ao pódio de Milão, mas só daqui a três semanas. Hoje, a 1 .ª etapa é já um contrarrelógio individual de 15,1 km, entre Monreale e Palermo.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
João Almeida ficou a 22 segundos de fazer história no Giro'2020


João Almeida, ciclista da Deceuninck-Quick Step, esteve perto de se tornar no segundo português a vestir a camisola rosa no Giro, depois de Acácio da Silva em 1989.

O português, de 22 anos, foi terceiro na primeira etapa da edição deste ano do Giro (com o mesmo tempo do segundo), um contrarrelógio de 15,1 km, só superado, em 22 segundos, pelo italiano e campeão do mundo da especialidade, Filippo Ganna, da Ineos.


Já o britânico e um dos favoritos, Geraint Thomas, da Ineos, foi o quarto mais rápido, com mais um segundo que o jovem português, mas a ganhar já muito tempo para a concorrência.

Com este resultado, João Almeida é o líder da juventude da Volta a Itália deste ano, numa prova onde faz a estreia em corridas de três semanas.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
ULISSI VENCE SEGUNDA ETAPA, GANNA MANTÉM VANTAGEM SOBRE JOÃO ALMEIDA


O italiano Diego Ulissi (UAE-Emirates) venceu ao ‘sprint’ segunda etapa da Volta a Itália, superando o eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe) e o dinamarquês Mikkel Frolich Honoré (Deceuninck-QuickStep), todos com o tempo de 3:24.58 horas, na chegada a Agrigento, 149 quilómetros após a partida de Alcamo.


Na classificação geral, o italiano Filippo Ganna (Ineos) mantém a camisola rosa de líder com uma vantagem de 22 segundos para o português João Almeida (Deceuninck-QuickStep). O britânico Geraint Thomas (Ineos) subiu ao terceiro lugar, ficando a 23 segundos do líder.

Amanhã, segunda-feira, a terceira etapa tem prevista a ligação entre Enna e o monte Etna, num total de 150 quilómetros.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
João Almeida veste a camisola rosa no Giro


João Almeida, da Deceuninck Quick Step, é o novo líder do Giro. Veste a camisola rosa no mesmo local onde Acácio da Silva a vestiu em 1989, no vulcão Etna. O jovem de 22 anos é pois o segundo português a envergar a mítica camisola da liderança na Volta a Itália.

O português tem o mesmo tempo que Jonathan Caicedo (EF Pro Clycling), vencedor da etapa de hoje, mas dispõe de vantagem nas décimas de segundo do contrarrelógio, quando foi segundo no sábado.


Caicedo venceu a tirada em 4:02.33 horas, à frente de Giovanni Visconti (Vini Zabù KTM) e Harm Vanhoucke (Lotto Soudal), enquanto João Almeida foi 11.º, a 1.03 minutos do vencedor.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
DEMARE VENCE ETAPA, JOÃO ALMEIDA REFORÇA LIDERANÇA


Arnaud Demare (Groupama) venceu esta terça-feira ao sprint - após análise ao photofinish com Peter Sagan e Davide Ballerini - a quarta etapa da Volta a Itália, entre Catania e Villafranca Tirrena, com João Almeida a continuar com a camisola rosa.

Nesta primeira oportunidade de final ao sprint, o ciclista português conseguiu mesmo bonificar numa meta-volante a 25km da meta, com dois segundos sobre o equatoriano Jonathan Caicedo.

Num chegada massiva - os primeiros oitenta terminaram com o mesmo tempo - Demare terminou com 3h22.13, com João Almeida em 18º e Caicedo em 33.º.

João Almeida continua então a liderar, agora com dois segundos de avanço sobre Caicedo e 39 sobre o espanhol Pello Bilbao.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
João Almeida resiste ao primeiro grande teste e ainda faz 3.º na etapa


João Almeida resistiu esta quarta-feira ao primeiro grande teste que teve como líder da Volta a Itália, ao conseguir chegar com o grupo dos favoritos na chegada a Camigliatello Silano, final da sexta etapa.

O ciclista português, de 22 anos, chegou a estar mais na cauda do grupo na principal dificuldade do dia, a 17 quilómetros da meta (contagem de montanha de primeira categoria), e mesmo sem ter grande ajuda da equipa (Deceuninck-Quick Step), manteve-se dentro do grupo, para terminar a tirada...em terceiro, conseguindo assim mais segundos de bonificação, aumentando a vantagem na classificação geral.

A etapa, que começou em Mileto e com 225 quilómetros foi ganha pelo italiano Filippo Ganna (Ineos), que foi o primeiro camisola rosa do Giro, quando bateu João Almeida por 22 segundos no contrarrelógio. Ganna coroou com sucesso uma fuga da qual fez parte, para vencer com 34 segundos sobre o grupo dos favoritos, com Almeida a atacar para ser segundo, mas depois superado em cima da meta por Patrick Konrad (Bora).

João Almeida parte para a sexta etapa com 43 segundos de vantagem, agora sobre o espanhol Pello Bilbao (Barhain).

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
João Almeida supera queda e vai para o quarto dia de camisola rosa


João Almeida passou mais uma etapa sem perder a camisola rosa no Giro, depois de esta quinta-feira ter chegado integrado no pelotão (25º) no final da sexta etapa, entre Castrovillari e Matera, na distância de 188 quilómetros.

O ciclista da Deceuninck-Quick Step vai assim para o quatro dia na liderança da Volta a Itália, isto apesar de ter tido um percalço, ao ver-se envolvido numa queda no meio do pelotão, a cerca de 40 quilómetros da meta. Apesar do susto, o jovem de 22 anos recuperou e rapidamente se juntou ao pelotão.


A sexta etapa foi discutida ao sprint, com o campeão francês Arnaud Démare (Groupama) a bater o australiano Michael Matthews (Sunweb).


Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
João Almeida vai para mais um dia de camisola rosa no Giro


E vai mais um dia de camisola rosa para João Almeida no Giro. O ciclista português chegou integrado no pelotão (16.º) no final da sétima etapa, ganha por Arnaud Démare (Groupama), que somou a segunda vitória seguida, a terceira na edição deste ano, batendo ao sprint Peter Sagan (Bora), que continua sem vencer.

Recorde-se que o ciclista da Deceuninck-Quick Step chegou à liderança da Volta a Itália no final da terceira etapa, que terminou no vulcão Etna, onde Acácio da Silva também o fez em 1989.

À entrada para a oitava tirada, João Almeida mantém os 43 segundos de vantagem para o espanhol Pello Bilbao (Bahrain), sendo também o líder da camisola da juventude.

Ruben Guerreiro (EF), o outro português a disputar o Giro, subiu um lugar na geral, é agora 40.º, a 18.29 minutos, depois de ter sido 104.º na etapa, a 55 segundos de Démare.

De resto, a ligação entre Matera e Brindisi, na distância de 143 quilómetros, resultou na etapa mais rápida da história do Giro, corrida a 51,230 km/h, superando os 49,420 km/h feitos numa etepa em 2012.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
João Almeida segura camisola rosa no Giro após a 8.ª etapa


O ciclista português João Almeida (Deceuninck-Quick Step) manteve este sábado a camisola rosa, símbolo da liderança na volta a Itália, na oitava etapa ganha, em solitário, pelo britânico Alex Dowsett (Israel Star-up Nation).

Os 200 quilómetros que ligaram Giovinazzo a Vieste, com duas contagens de montanha, foram cumpridos em 4:50.09 horas, tendo Dowsett batido por 1.15 minutos um trio comandado pelo italiano Salvatore Puccio (INEOS).

João Almeida chegou no pelotão, liderado pelo australiano Michael Andrews (Sunweb), sétimo, a 13.56 minutos, e continua na frente do Giro.

Com mais um dia de rosa, no domingo será o sexto consecutivo com a camisola de líder, o ciclista de 22 anos irá superar o recorde histórico de Joaquim Agostinho como ciclista português que mais tempo passou na liderança de uma edição de uma Grande Volta.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
Ruben Guerreiro vence etapa e João Almeida segura a camisola rosa no Giro




Que dia para o ciclismo português! Ruben Guerreiro venceu a 9.ª etapa do Giro e assumiu a liderança na geral da montanha; João Almeida manteve a camisola rosa e passou também a ser o líder da juventude.

Ruben Guerreiro é o segundo português a vencer uma etapa na Volta a Itália, depois de Acácio da Silva, que venceu cinco tiradas em 1985 e 1986. Trata-se da sua primeira vitória no World Tour e a primeira desde 25 de junho de 2017, quando se sagrou campeão nacional.

Classificação da etapa

1.º Ruben Guerreiro (Portugal), EF Pro Cycling, 5:41.20 horas
2.º Jonathan Castroviejo Nicolas (Espanha), Ineos Grenadiers, a 8 segundos
3.º Mikkel Bjerg (Dinamarca), UAE Team Emirates, a 58 segundos
4.º Kilian Frankiny (Suíça), Groupama-FDJ, a 1.16 minutos
5.º Lawrence Warbasse (EUA), AG2R la Mondiale, m.t.
6.º Tao Geoghegan Hart (Grã-Bretanha), Ineos Grenadiers, a 1.19 minutos
7.º Lucas Hamilton (Austrália), Mitchelton-Scott, a 1.32 minutos
8.º Wilco Kelderman (Holanda), Team Sunweb, a 1.38 minutos
9.º Jakob Fuglsang (Dinamarca) Astana Pro Team, mt
10.º Jai Hindley (Austrália), Team Sunweb, mt

Classificação geral

1.º João Almeida (Portugal), Deceuninck-Quickstep, 35:35.50 horas
2.º Wilco Kelderman (Holanda), Team Sunweb, a 30 segundos
3.º Pello Bilbao (Espanha), Bahrain McLaren, a 39 segundos
4.º Domenico Pozzovivo (Itália), NTT Pro Cycling, a 53 segundos
5.º Vincenzo Nibali (Itália), Trek-Segafredo, 57 segundos
6.º Jakob Fuglsang (Dinamarca), Astana Pro Team, a 1.01 minutos
7.º Harm Vanhoucke (Bélgica), Lotto Soudal, a 1.02 minutos
8.º Patrick Konrad (Áustria), Bora-Hansgrohe, a 1.11 minutos
9.º Jai Hindley (Austrália), Team Sunweb, a 1.15 minutos
10.º Rafal Majka (Polónia), Bora-Hansgrohe a 1.17 minutos

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
JOÃO ALMEIDA TERCEIRO EM ETAPA GANHA POR PETER SAGAN


João Almeida continuará mais um dia com a camisola rosa depois de ter sido terceiro na 10.ª etapa da Volta a Itália - 177 kms entre Lanciano e Tortoreto -, ganha pelo sprinter Peter Sagan, com alguma chuva no final. O terceiro lugar concedeu-lhe quatro segundos de bonificação que ajudam a aumentar a vantagem para o segundo, o holandês Wilco Kelderman, agora de 34 segundos. O espanhol Pello Bilbao é ainda terceiro a 43 segundos.

O ciclista português deu, de resto, uma demonstração de força ao integrar uma fuga final de 12 elementos e depois de Sagan, sozinho - sem vitórias desde o Tour de 2019, mais de um ano -, cortar a meta em 4h01.56, levantou-se no selim e atacou os metros finais, terminando atrás do norte-americano Brandon McNulty (UAE), que estava um pouco mais à frente, a 23 segundos de Sagan.


Classificação da etapa 10:

1º Peter Sagan (Bora), 4h 01:56
2º Brandon Mcnulty (UAE), a 19
3º Joao Almeida (Deceuninck), a 23
4º Ben Swfit (Ineos) m.t.
5º Jai Hindley (Sunweb) m.t.

Classificação geral:

1º João Almeida (Deceuninck) - 39h 38:05
2º Wilco Kelderman (Sunweb) a 34
3º Pello Bilbao (Bahrain McLaren) a 43
4º Domenico Pozzovivo (NTT), a 57
5º Vincenzo Nibali (Trek), a 1:01

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
QUARTA VITÓRIA PARA DEMARE E JOÃO ALMEIDA SEGUE LÍDER


Arnaud Demare está impressionante e venceu a 11.ª etapa da Volta a Itália, numa chegada urbana após 182 kms entre Porto Sant'Elpidio e Rimini, em 4h03.52. É a sua quarta vitória nesta edição, à frente de Peter Sagan, com João Almeida a manter a camisola rosa, símbolo de líder da corrida.

O ciclista português chegou integrado no pelotão com o mesmo tempo do vencedor, em 22.º lugar, enquanto Rúben Guerreiro foi 99.º, a 2m12.

Não houve mexidas no top-10, sendo que João Almeida mantém-se líder com 34 segundos de avanço sobre Wilco Kelderman e 43 sobre Pello Bilbao. Rúben Guerreiro subiu um lugar, para 34.º, a 34m10.

Classificação da etapa 11:

1. Arnaud Démare (FRA/Groupama-FDJ) 4h03:52. (média: 44,7 km/h)
2. Peter Sagan (SVQ/BOR) m.t.
3. Alvaro Hodeg (COL/DEC) m.t.
4. Simone Consonni (ITA/COF) m.t.
5. Rick Zabel (ALE/ISR) m.t.

22. João Almeida (POR/DEC) m.t.
99. Rúben Guerreiro (POR/EF1) a 2:12

Classificação geral:

1. João Almeida (POR) 43:41:57 horas
2. Wilco Kelderman (HOL) a 0:34 segundos
3. Pello Bilbao (ESP) a 0:43
4. Domenico Pozzovivo (ITA) a 0:57
5. Vincenzo Nibali (ITA) a 1:01 minutos

34. Rúben Guerreiro (POR) a 34:10 minutos

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
JOÃO ALMEIDA É 9.º NA 13.ª ETAPA E MANTÉM CAMISOLA ROSA


O equatoriano Jhonatan Narvaez (Ineos) venceu isolado a 12.ª etapa da Volta a Itália – 204 km num circuito com saída e chegada em Cesenatico -, em 5h31.24, seguido de Marc Padun (Bahrain), sendo que ambos estavam integrados numa fuga que escapou logo a 90kms da meta, e de Simon Clarke. Narvaez deixou Padun para trás a 10km do fim.

Em dia de chuva e uma etapa cheia de subidas e descidas, João Almeida chegou em 9º lugar, junto a Rúben Guerreiro (8º), a 8m25 (e que subiu na geral), num pelotão puxado pela sua equipa Deceuninck e continua na liderança do Giro. Amanhã, para a 13.ª etapa, irá usar a camisola rosa pelo décimo dia consecutivo.

Quanto à classificação do top-10, não houve alterações, apenas Jakob Fuglsang entrou no 10.º lugar. João Almeida lidera com 34 segundos de avanço sobre Wilco Kelderman (foi 12.º) e 43 sobre Pello Bilbao (foi 22.º). Rúben Guerreiro mantém a camisola azul e subiu cinco posições até ao 29.º lugar, a 34m10.

Na sexta-feira, a 13.ª etapa liga Cervia a Monselice (192 quilómetros), uma tirada maioritariamente plana com duas contagens de montanha de quarta categoria, antes de um contra-relógio individual no sábado e uma dura etapa de montanha no domingo.

Classificação da etapa:

1. Jhonatan Narvaez (ECU/Ineos) 5hr 31min 24sec,
2. Mark Padun (UKR/BAH) at 1min 8sec,
3. Simon Clarke (AUS/EF1) 6:50,
4. Joey Rosskopf (USA/CCC) 7:30,
5. Simon Pellaud (SUI/AND) 7:43,
6. Brandon McNulty (USA/UAE) 8:25,
7. Patrick Konrad (AUT/BOR) m.t.,
8. Rúben Guerreiro (POR/EF1) m.t.,
9. João Almeida (POR/DEC) m.t.,
10. Tao Geoghegan Hart (GBR/INE) m.t.

Classificação geral:

1. João Almeida (POR) 49:21:46 horas
2. Wilco Kelderman (HOL) a 0:34 segundos
3. Pello Bilbao (ESP) a 0:43
4. Domenico Pozzovivo (ITA) a 0:57
5. Vincenzo Nibali (ITA) a 1:01 minutos

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
JOÃO ALMEIDA QUASE VENCE ETAPA E AUMENTA LIDERANÇA NO GIRO


Continua o sonho de João Almeida na Volta a Itália. O português foi esta sexta-feira o segundo a cruzar a meta na 13.ª etapa, apenas batido pelo italiano Diego Ulissi. Com isso, ganhou bonificação de 6 segundos e aumentou a vantagem na liderança da classificação geral.


O jovem português da Deceuninck-QuickStep lançou-se no sprint final na reta da meta, mas acabou por não ter hipóteses perante o ritmo de Diego Ulissi, que comemorou a segunda vitória nesta edição do Giro.

Para o segundo lugar, após análise do photo finish, João Almeida levou a melhor por uma nesga ao austríaco Patrick Konrad (BORA-hansgrohe). Ganhou, por isso, a bonificação, aumentando a vantagem na liderança da geral para 40 segundos sobre o holandês Wilco Kelderman (Sunweb), segundo classificado, enquanto o espanhol Pello Bilbao (Bahrain-McLaren) está no terceiro lugar, a 49 segundos.

Rúben Guerreiro foi 14.º na etapa, com o mesmo tempo do vencedor, subindo três posições para o 26.ª posto, a 34m16, e mantendo a camisola azul.

Para este sábado, o pelotão terá contrarrelógio individual de 34,1 quilómetros, entre Conegliano e Valdobbiadene.


Classificação da etapa:

1. Diego Ulissi (ITA/UAE Emirates), 4 h 22:18.
2. Joao Almeida (POR/DEC) m.t.
3. Patrick Konrad (AUT/BOR) m.t.
4. Tago Geoghegan Hart (GBR/INE) m.t.
5. Mikkel Honore (DEN/DEC) m.t.
6. Sergio Samitier (ESP/MOV) m.t.
7. Jakob Fuglsang (DEN/AST) m.t.
8. Pello Bilbao (ESP/BAH) m.t.
9. Vincenzo Nibali (ITA/TRE) m.t.
10. Jai Hindley (AUS/SUN) m.t.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
JOÃO ALMEIDA FAZ 6.º NO CONTRARRELÓGIO E GANHA TEMPO A KELDERMAN


João Almeida (Deceunick Quick-Step) terminou a 14.ª etapa da Volta a Itália no sexto posto. O ciclista português ficou a 1.31 minutos de Filippo Ganna, italiano que venceu o contrarrelógio.

No que toca à classificação geral, João Almeida manteve a camisola rosa e ganhou tempo a Wilco Kelderman, o segundo classificado. São agora 56 segundos que separam o ciclista português do holandês da Sunweb.

Classificação da etapa:

1. Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) 42.40
2. Rohan Dennis (Ineos Grenadiers) 43.06
3. Brandon McNulty (EAU) 43.49
4. Thomas De Gendt (Lotto Soudal) 43.51
5. Josef Cerny (CCC Team) 43.56
6. João Almeida (Deceunick Quick Step), 44.10

Classificação geral:

1. João Almeida
2. Wilco Kelderman, a 56 segundos
3. Pello Bilbao, a 2.11 minutos
4. Brandon McNulty, a 2.23
5. Vincenzo Nibali, 2.30

A bola/Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
1,629
Reaction score
34
Pontos
48
Idade
48
JOÃO ALMEIDA SOFREU, MAS ENTRA NA ÚLTIMA SEMANA DE ROSA


João Almeida terminou a 15.ª etapa da Volta à Itália no quarto lugar. O ciclista português não conseguiu responder a um ataque nos últimos 10 quilómetros feito por Tao Geoghegan Hart (que venceu a etapa), Kelderman e Hindley e ficou a 37 segundos do vencedor.

Contudo, João Almeida conseguiu segurar a camisola rosa para aquela que é a última semana da Volta à Itália. O português da Deceunick Quick-Step perdeu 41 segundos de vantagem, mas mantém-se à frente do holandês Wilco Kelderman por 15 segundos.

A Bola
 
Topo