O que há de novo
Bem-vindos ao Avensat

Junte-se a nós agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Depois de registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos existentes, dar reputação a seus colegas, obter seu próprio mensageiro particular e muito mais. Também é rápido e totalmente gratuito, então de que estás á espera?

F1: Mundial garantido em Portimão

benfas69

Ouro
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
489
Reaction score
13
Pontos
18
Idade
47
F1: Mundial garantido em Portimão



A BOLA antecipou-o a 2 de abril, em primeira mão, imediatamente após o anúncio da reclassificação do Autódromo Internacional do Algarve (AIA), que passou a contar com a nota máxima para circuitos (Grau 1) da Federação Internacional do Automóvel (FIA)! O nosso País prepara-se para receber o Mundial de 2020, em Portimão, provavelmente a 27 de setembro. Admite-se, também, a organização de uma segunda corrida na pista da Mexilhoeira Grande, a 4 de outubro, como acontecerá na Áustria, a 5 e 12 de julho, e na Grã-Bretanha, a 2 e 9 de agosto. Confirmando-se, depois do 26.º Grande Prémio de Portugal, 1.º Grande Prémio do Algarve!

O regresso a Portugal da categoria-rainha do desporto automóvel discute-se há muitos meses, devido à incerteza originada pela escalada global da pandemia de Covid-19… A Formula One Management (FOM) trabalhou ativamente na procura de alternativas aos 22 circuitos que integravam o calendário original de 2020, que seria o maior de sempre em 70 anos de Fórmula 1 e, no AIA, encontrou solução mais do que interessante, tanto pelas qualidades do traçado com 4,684 km e 16 curvas e de todas as infraestruturas de apoio, como pelo desconhecimento do circuito instalado numa região de referência no turismo. Trata-se de pista exigente e técnica que potencia o espetáculo.

Na quinta-feira, 11, o diretor desportivo e técnico da Fórmula 1, Ross Brawn, admitiu a possibilidade de Portimão receber grandes prémios na segunda metade da temporada. O britânico de 65 anos, em entrevista ao sítio oficial da categoria na Internet, disse que «existem muitos circuitos europeus preparados para receberem uma ou duas corridas, depois das oito que anunciámos recentemente, para realizarmos um campeonato mais longo». A Liberty Media, a empresa norte-americana proprietária da FOM, trabalha na conceção de época com 15 a 18 etapas. Mugello, Imola ou Hockenheim também estão na lista de pistas em avaliação.
Ontem, a Fórmula 1 cancelou mais três corridas (Azerbaijão, Singapura e Japão), com o número de grandes prémios anulados a aumentar para sete (somam-se-lhes Austrália, Países Baixos, Mónaco e França). Esta decisão explica-se com o tempo necessário para a construção de circuitos citadinos como Baku ou Marina Bay e as restrições de viagem impostas pelas autoridades nipónicas, que impedem a realização da prova em Suzuka.

Na mesma entrevista, Brawn garantiu que a ponta final do campeonato acontecerá no Médio Oriente (Bahrain e Abu Dhabi) e admitiu até a possibilidade de algumas corridas poderem contar com público nas bancadas, dependendo da capacidade de controlo do coronavírus novo. China, Vietname, Canadá, Rússia, EUA, México e Brasil encontram-se sob avaliação permanente, mas a situação pandémica mantém-se muito preocupante, o que desaconselha a realização da maioria dos eventos à espera de datas novas.

Confirmando-se Portugal, Portimão receberá a 10.ª etapa (e a 11.ª…) da 71.ª edição do Mundial, provavelmente depois da primeira passagem da Fórmula 1 pelo Mugello, a 13 de setembro. Em Itália, no circuito da Ferrari, comemorar-se-á a 1000.ª participação da Scuderia no campeonato criado em 1950… Antes, duas corridas no Red Bull Ring, outra no Hungaroring (19 de julho), duas em Silverstone e uma em Barcelona (16 de agosto), Spa-Francorchamps (30 de agosto) e Monza (6 de setembro).

A Bola
 
Topo