O que há de novo
Bem-vindos ao Avensat

Junte-se a nós agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Depois de registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos existentes, dar reputação a seus colegas, obter seu próprio mensageiro particular e muito mais. Também é rápido e totalmente gratuito, então de que estás á espera?

Ténis - Djokovic vence Open da Austrália

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
3,200
Reaction score
38
Pontos
48
Idade
48
Djokovic vence Open da Austrália


O sérvio Novak Djokovic, número um mundial, conquistou o nono título do Open da Austrália e o 18.º 'major' da carreira, ao derrotar o russo Daniil Medvedev na final em Melbourne Park. Djokovic, a disputar a sua nona final do primeiro torneio do Grand Slam da época, impôs-se ao quarto colocado do 'ranking' ATP em três consecutivos 'sets', pelos parciais de 7-5, 6-2 e 6-2, em uma hora e 53 minutos.

Numa Rod Laver Arena bem composta com cerca de oito mil pessoas nas bancadas, o sérvio entrou no encontro a pressionar, valendo-se da sua maior experiência em finais do Grand Slam (28) e em Melbourne, e chegou rapidamente ao 3-0 no primeiro 'set', provocando a quebra de Medvedev logo no seu primeiro jogo de serviço.

Depois do impacto inicial, com um Djokovic demolidor, o russo conseguiu reagir no quinto jogo e recuperar do 'break' de desvantagem (3-2), colocando-se a servir para a igualdade e estabelecendo o equilíbrio na partida.

Forçando o adversário a subir à rede, de quando em vez, o número um mundial, com um jogo muito agressivo, só foi capaz, contudo, de desequilibrar o adversário ao cabo de 42 minutos, quando conseguiu fechar o parcial, no 12.º jogo, por 7-5.

Na segunda partida, apesar de Medvedev ter iniciado com um 'break', Djokovic não deu espaço de manobra e de imediato estabeleceu a igualdade no marcador, passando para a frente logo no jogo seguinte do adversário (3-1), que cometeu alguns erros e baixou a percentagem de primeiros serviços.

A liderar e com o ascendente do seu lado, o tenista de Belgrado não concedeu mais oportunidades ao russo, que frustrado partiu a raquete após o 5-2, e encerrou a discussão pelo parcial, quebrando novamente o serviço ao adversário, com um 6-2.

Com dois 'sets' a zero, Novak Djokovic assinou novo 'break' de entrada sobre Medvedev, por esta altura a cometer muitos erros e a não encontrar soluções para fazer frente ao ténis agressivo e muito intenso do adversário, e rapidamente chegou a uma vantagem confortável (3-0).

Mantendo a distância e a superioridade, durante as longas trocas de bolas, o sérvio confirmou o seu favoritismo com uma bola alta quase de costas junto à rede, encerrando a terceira partida e o encontro, com nova quebra de serviço, ao fixar no marcador novo 6-2.

Depois de erguer o nono troféu em Melbourne, após o primeiro em 2008,e aproximando-se assim dos 20 títulos de Roger Federer e Rafael Nadal, Novak Djokovic, de 33 anos, assegurou ainda um novo recorde, ao manter-se na liderança da hierarquia mundial pela 311.ª semana consecutiva, ultrapassando o registo do suíço de 310 semanas.

Já Daniil Medvedev, que disputou apenas a sua segunda final de um 'major', após o Open dos Estados Unidos em 2019, vai ascender à terceira posição do 'ranking' ATP, relegando o austríaco Dominc Thiem para o quarto posto.

Record
 
Topo