O que há de novo
Bem-vindos ao Avensat

Junte-se a nós agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Depois de registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos existentes, dar reputação a seus colegas, obter seu próprio mensageiro particular e muito mais. Também é rápido e totalmente gratuito, então de que estás á espera?

Copa América 2021 - Notícias e Resultados

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
BRASIL VENCE A VENEZUELA, DE JOSÉ PESEIRO, NO JOGO INAUGURAL



O Brasil venceu a Venezuela (3-0) na primeira jornada do Grupo B da Copa América. Uma partida marcada pelo surto de Covid-19 no conjunto venezuelano, orientado por José Peseiro, que teve 12 casos positivos entre a comitiva da vinotinto.

Dominador, o Brasil chegou à vantagem aos 23’, por intermédio de Marquinhos. Neymar (64’), de penálti, e Gabriel Barbosa (89’) estabeleceram as contas finais do triunfo canarinho.

Com este triunfo, o Brasil sobe para o topo da classificação com três pontos e começa a preparar o embate com o Peru. Já a Venezuela caiu para a última posição, sem qualquer ponto, e tem agora encontro marcado com a Colômbia.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
COLÔMBIA VENCE EQUADOR NA ESTREIA



A Colômbia entrou a ganhar na Copa América ao vencer o Equador por 1-0, em Cuiabá, no Brasil, jogo da primeira jornada do Grupo B.

Um golo de Edwin Cardona, jogador do Boca Juniors, decidiu o jogo, aos 42 minutos.

Do lado da Colômbia, Matheus Uribe, do FC Porto, foi titular, cedendo lugar aos 61 minutos ao boavisteiro Sebastián Pérez; Luis Díaz (FC Porto) não saiu do banco. Do lado equatoriano, Gonzalo Plata (Sporting) jogou até aos 69 e Leonardo Campana (Famalicão) foi suplente não utilizado.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina e Chile empatam (1-1)



Argentina e Chile empataram, esta segunda-feira, na estreia na edição de 2021 da Copa América. Lionel Messi abriu o marcador através de livre direto à passagem da meia hora de jogo, mas na segunda parte os chilenos chegaram à igualdade.

Uma grande penalidade assinalada após análise às imagens valeu o golo do empate. O remate de Arturo Vidal ainda foi defendido por Emiliano Martínez, mas na recarga Eduardo Vargas não perdoou.

A Argentina, que contou com Nicolas Otamendi (Benfica)na equipa titular e Marchesín (FC Porto) no banco de suplentes, ainda lançou Di María e Aguero. Teve sempre sinal mais, mas não logrou voltar a bater o experiente Claudio Bravo, guarda-redes do Chile.

As duas seleções voltam a jogar na sexta-feira. O Chile defrontará a Bolívia, enquanto a Argentina jogará com o Uruguai.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Paraguai vence Bolívia (3-1)




O Paraguai entrou na segunda-feira a vencer na 47.ª edição da Copa América, mas falhou muito até dar a volta uma 'heroica' Bolívia, que bateu por 3-1, na primeira jornada do Grupo A, em Goiânia.

A formação do argentino Eduardo Berizzo dominou o encontro de princípio ao fim, mas sofreu um penálti logo a abrir e só conseguiu os seus três golos na derradeira meia hora.

Erwin Saavedra adiantou os bolivianos, aos 10 minutos, de grande penalidade, com Kaku a restabelecer a igualdade, aos 62, e Ángel Romero a completar a reviravolta, com um 'bis', concretizado aos 65 e 80.

Os bolivianos fizeram o possível, num embate que enfrentaram com muitas baixas, face a vários casos positivos ao novo coronavírus, e no qual ficaram com 10 unidades nos descontos da primeira parte, por expulsão de Jaume Cuellar.

Assumindo-se como superior, o Paraguai entrou a dominar e criou perigo duas vezes nos dois minutos iniciais, por Arzamendia e Ángel Romero, mas, aos quatro, o mesmo Arzamendia desviou com a mão um remate de Diego Bajeramo e, muito tempo depois e consultadas as imagens do VAR, o árbitro assinalou penálti.

No primeiro ataque, a Bolívia conseguiu, assim, adiantar-se no marcador, aos 10 minutos, por intermédio de Edwin Saavedra, que colocou a bola fora do alcance de Antony Silva.

Em desvantagem, o Paraguai instalou-se em definitivo no meio-campo contrário e acumulou oportunidades perdidas, com destaque para uma de Kaku, aos 43 minutos, com a baliza aberta, depois de cruzamento da esquerda de Arzamendia.

Nos 11 minutos de descontos -- concedidos face, sobretudo, a muitos minutos 'perdidos' com o VAR -, as coisas complicaram-se ainda mais para a Bolívia, com o segundo amarelo mostrado a Jaume Cuellar, já aos 45+9.

Contra 10, o Paraguai intensificou ainda mais a sua pressão e que há muito parecia inevitável aconteceu aos 62 minutos, num tiro' de Kaku, de fora da área, sem deixar cair a bola no relvado, que Ruben Cordano não teve hipótese de parar.

Três minutos volvidos, os paraguaios passaram para a frente do marcador, com Ángel Romero, quase sobre a linha, a encostar, na recarga a uma defesa incompleta de Cordano, em resposta a um cabeceamento do suplente Carlos González.

Os bolivianos ainda tiveram uma ocasião para empatar, aos 78 minutos, num 'tiro' de Roberto Fernández, aposta na segunda parte de César Farias, com o jogo a 'acabar' pouco depois, aos 80, quando Romero 'bisou', assistido pelo perdulário Gabriel Ávalos.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49


Copa América 2021

Fase de Grupos

1ª Jornada:

15/06 Grp.A Paraguai 3-1 Bolívia
14/06
Grp.A Argentina 1-1 Chile
14/06
Grp.B Colômbia 1-0 Equador
13/06
Grp.B Brasil 3-0 Venezuela

 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Venezuela e Colômbia empatam (1-1)



A Venezuela, orientada por José Peseiro, somou o primeiro ponto no grupo B da Copa América. Depois do desaire frente ao Brasil na ronda inaugural, esta quinta-feira, a seleção venezuelana, fortemente assolada por um surto de Covid-19, impôs empate sem golos à Colômbia.

Reinaldo Rueda lançou Matheus Uribe no onze e Luis Díaz saiu do banco de suplentes aos 60’. Os cafeteros criaram inúmeras oportunidades mas Wuilker Faríñez, guarda-redes da Venezuela, teve noite muito inspirada e travou todas as tentativas de golo, incluindo um espetacular remate de bicicleta de Uribe, médio do FC Porto, já na segunda parte. No tempo de descontos, Luis Díaz pisou um adversário numa entrada mais dura e viu cartão vermelho direto.

Com este nulo, a Colômbia, que na próxima jornada vai defrontar o Peru, passa a somar quatro pontos, enquanto a Venezuela (defronta o Equador na próxima ronda) tem um.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Brasil vence o Peru (4-0)



O Brasil, com o benfiquista Everton de início (substituído ao intervalo), goleou o Peru, por 4-0, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, na segunda jornada do Grupo B da Copa América.

Depois do 3-0 à Venezuela, de José Peseiro, a formação comandada por Tite voltou a construir folgado triunfo, desta feita com golos de Alex Sandro (12’), Neymar (68’) e dos suplentes Everton Ribeiro (89’), que entrou para o lugar do extremo das águias, e Richarlison (90+3’).

O Brasil soma agora seis pontos no primeiro lugar do grupo, mais dois pontos que a Colômbia, que ocupa a segunda posição. A Venezuela segue no terceiro lugar, com um ponto, ao passo que Equador e Peru, equipas que só têm um jogo disputado, ainda não pontuaram.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina venceu o Uruguai (1-0)



Uma jogada de Lionel Messi concluída por Guido Rodríguez, logo aos 13 minutos, valeu na sexta-feira à Argentina um triunfo por 1-0 sobre o Uruguai, na segunda jornada do Grupo A da Copa América em futebol.

Depois de ter marcado ao Chile (1-1) de livre direto, o ‘capitão’ voltou a ser decisivo, desta vez com a 41.ª assistência pela ‘albi-celeste’, em 146 jogos, e 13.ª na principal prova da América do Sul, em 29 embates.

Em Brasília, no embate entre as duas seleções com mais títulos na prova, a Argentina não construiu muitas oportunidades de golo, mas esteve muito bem defensivamente, não permitindo que o Uruguai, de Luís Suárez e Cavani, criasse uma única.

A formação argentina entrou melhor no encontro e fez duas ameaças nos primeiros minutos, primeiro num remate de Acuña, aos quatro minutos, e depois num ‘tiro’ de Messi, com Muslera a defender e Lautaro Martínez a desperdiçar a recarga.

O golo da formação ‘albi celeste’ acabou por chegar aos 13 minutos, num lance de bola parada: num canto à maneira curta, Messi ‘bailou’ na esquerda, levantou a cabeça e centrou para o cabeceamento certeiro de Guido Rodríguez ao segundo poste.

Em vantagem, a Argentina dominou o encontro até ao intervalo, mas só criou mais uma ocasião clara de golo, num contra-ataque conduzido por Messi, que soltou para o remate de Nahuel Molina, defendido para canto por Muslera.

O Uruguai veio com outra disposição para a segunda parte, mas teve grandes dificuldades para incomodar Emiliano Martínez, merecendo destaque um centro de Matías Viña, aos 69 minutos, e um remate acrobático de Luís Suárez, aos 75, para as ‘nuvens’.

Com o aproximar do final do encontro, a equipa ‘celeste’ arriscou mais e, em contra-ataque, a Argentina esteve várias vezes perto do segundo, quase sempre com Messi como protagonista, incluindo um livre direto em que foi contrariado... por Otamendi.

O central do Benfica voltou a jogar os 90 minutos no centro da defesa argentina, desta vez ao lado de Cristian Romero, enquanto Coates, jogador do Sporting, foi suplente não utilizado no Uruguai.

No primeiro encontro da ronda, o Chile conquistou também o primeiro triunfo, ao vencer a Bolívia por 1-0, num jogo em que dominou claramente na primeira parte e sofreu na segunda, na Arena Pantanal, em Cuiabá.

DesportoSapo
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Chile vence Bolívia (1-0)



O Chile conquistou hoje o primeiro triunfo na edição 2021 da Copa América em futebol, ao vencer a Bolívia por 1-0, num jogo em que dominou claramente na primeira parte e sofreu na segunda.

Na Arena Pantanal, em Cuiabá, Ben Brereton, na primeira titularidade pela seleção ‘roja’ à segunda internacionalização, resolveu o encontro, aos 10 minutos, colocando os chilenos com quatro pontos, depois do 1-1 com a Argentina, na estreia.

Por seu lado, a Bolívia foi melhor na segunda parte, mas não conseguiu acertar na baliza defendida por Claudio Bravo, mantendo-se, assim, a zero, uma vez que já tinha perdido com o Paraguai, por 3-1, num embate que liderou.

A formação chilena entrou a dominar e marcou logo aos 10 minutos, com Vidal a lançar Vargas e este a isolar Ben Brereton - jogador nascido em Inglaterra, mas com mãe chilena, que se tinha estreado frente à Argentina - para este faturar com classe.

Em vantagem tão cedo, ‘la roja’ construiu uma série de ocasiões para ampliar a vantagem, que Pulgar (16 minutos), Meneses (17 e 38), Brereton (23), Vargas (36) e Vidal (43) desperdiçaram, com réplica boliviana de Roberto Fernández (30) e Vaca (45).

Na segunda parte, a Bolívia assumiu o comando do encontro, mas não conseguiu marcar nas ocasiões que construiu, nomeadamente por Saavedra, aos 56 minutos, e Diego Bejarano, aos 73 e 80, perante um Chile que ‘desapareceu’ ofensivamente.

O encontro foi arbitrado, sem problemas, pelo espanhol Jesus Gil Manzano, num intercâmbio entre UEFA e CONMEBOL, que também já fez com que o jogo do Euro2020 entre Ucrânia e Macedónia do Norte tivesse sido ‘apitado’ pelo argentino Fernando Rapallini.

DesportoSapo
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Peru derrota Colômbia (2-1)



O Peru somou no domingo os primeiros pontos na Copa América, ao bater a Colômbia por 2-1, em encontro da terceira jornada do Grupo B, na qual o Brasil, de folga, carimbou um lugar nos 'quartos'.

Depois da goleado por 4-0 sofrida perante precisamente o Brasil, os peruanos venceram com um tento de Sergio Peña, aos 17 minutos, e um autogolo de Yerry Mina, aos 64, contra um golo de Miguel Borja, aos 53, na transformação de uma grande penalidade.

Na classificação, o Brasil (dois jogos) soma seis pontos, contra quatro da Colômbia (três), três do Peru (dois), dois da Venezuela (três) e um do Equador (dois).

Desta forma, a seleção anfitriã é a primeira qualificada para os quartos de final, tendo em conta que a Venezuela, do português José Peseiro, empatou a dois golos com o Equador e, com apenas um jogo por disputar, já só pode chegar aos cinco pontos.

Em Goiânia, Cuadrado e Miguel Borja fizeram as primeiras ameaças, mas foram os peruanos que inauguraram o marcador, aos 17 minutos, por Sergio Peña, na recarga a um primeiro remate de fora da área de Yotún devolvido pelo poste esquerdo.

O Peru foi 'manietando' os colombianos, mas, já na segunda parte, aos 53 minutos, Miguel Borja isolou-se e foi derrubado pelo guarda-redes Gallese, numa grande penalidade que o avançado 'cafetero' não desaproveito, igualando o jogo.

O mesmo jogador teve uma grande oportunidade aos 58 minutos, mas desaproveitou, e, aos 64 o Peru voltou ao comando do marcador, graças a um autogolo e Yerry Mina, que desviou para a própria baliza um canto marcado na direita por Cueva.

Na parte final, a Colômbia, que também tinha garantido o apuramento vencendo, ainda tentou chegar, pelo menos, à igualdade, mas Miguel Borja desperdiçou mais duas grandes oportunidades, aos 68 e 69 minutos.

O boavisteiro Sebastián Pérez foi titular na formação 'cafetera', sendo substituído aos 60 minutos, enquanto Uribe e Luis Díaz, este último castigado, não jogaram.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Venezuela e Equador empatam (2-2)



Ainda não foi desta que a Venezuela venceu na Copa América. Este domingo, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, a equipa comandada por José Peseiro empatou a dois golos com o Equador, numa partida na qual conseguiu chegar à igualdade já no período de descontos.

Tendo pela frente uma equipa na qual atuaram de início o sportinguista Gonzalo Plata e ainda Leonardo Campana, do Famalicão, a Venezuela (que atuou de início com Velázquez) chegou ao descanso a perder, mercê do golo de Eduard Preciado, aos 39'. O empate a um chegaria já segunda parte, aos 51', por Edson Castillo, antes de Gonzalo Plata assinar o momento da noite.

Aos 71', em contra-ataque, o avançado do Sporting ligou o 'turbo', correu em sprint mais de 70 metros com a bola, superou alguns adversários e, ainda que com alguma sorte, conseguiu bater Wilson Fariñez. Estava feito o 2-1 que parecia ser resultado final, até que, já nos descontos, Ronald Hernández, que tinha sido lançado aos 77, fez o empate final.

Contas feitas, a Venezuela tem 2 pontos em 3 jogos, mais 1 do que o Equador, que tem menos uma partida disputada.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Uruguai empatou com o Chile (1-1)



O Uruguai empatou com o Chile (1-1), num jogo a contar para a terceira jornada do Grupo A da Copa América. Sebastian Coates, do Sporting, não saiu do banco da equipa charrua.

O Chile ainda se colocou em vantagem aos 26’, por intermédio de Eduardo Vargas, mas um autogolo de Arturo Vidal (67’) traiu a equipa de Martín Lasarte e estabeleceu o empate.

Com este resultado, o Chile assume o primeiro lugar do Grupo A com cinco pontos, mais um que a Argentina (menos um jogo). Já o Uruguai está no quarto lugar com um ponto, mais um que a Bolívia, última classificada e equipa que fica fora da próxima fase.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina vence Paraguai (1-0)



Em Brasília, a formação albi-celeste, que como os chilenos assegurou um lugar nos quartos de final, resolveu o encontro logo aos 10 minutos, com um tento de Alejandro Papu Gómez, uma das seis novidades no "onze" de Lionel Scaloni.

Os argentinos, que começaram com um empate com o Chile (1-1), deram, assim, sequência ao triunfo por 1-0 sobre o Uruguai, colocando-se em excelente posição para ganhar o agrupamento, já que fecham com a Bolívia, na próxima segunda-feira.

A formação de Scaloni entrou muito bem no encontro, com Papu Gómez a atirar por cima num tiro de fora da área, aos seis minutos, e Agüero a desperdiçar escandalosamente, aos sete, depois de isolado de forma involuntária por Piris da Motta.

O golo dos argentinos acabou por chegar aos 10 minutos, com Messi a arrancar do seu meio-campo, a "galgar" metros e a colocar a bola em Di María, que, com um passe de mestre, isolou Papu Gómez, para este fazer um "chapéu" à saída de Antony Silva.

Messi, que igualou o recorde de Javier Mascherano de 147 jogos pela Argentina, voltou a criar perigo aos 18 minutos, num livre direto à entrada da área que saiu ao lado do poste direito, enquanto o Paraguai só apareceu aos 20, numa insistência e dois remates devolvidos pela defesa argentina.


Até ao intervalo, destaque para um golo anulado à Argentina, já nos descontos, aos 45+1 minutos, por fora de jogo de Messi na altura em que Di María rematou para boa defesa de Antony Silva. A jogada prosseguiu e acabou em autogolo, que não valeu.

Na segunda parte, nenhuma das equipas conseguiu criar uma verdadeira oportunidade de golo, com a Argentina, a cumprir o seu terceiro jogo, mais preocupada em defender e o Paraguai, a disputar o segundo, a querer, mas a não conseguir.

Após a terceira jornada, lidera a Argentina, com sete pontos (três jogos), contra cinco do Chile (três), três do Paraguai (dois), um do Uruguai (dois) e nenhum da Bolívia (dois).

O Jogo
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49


Copa América 2021

Fase de Grupos

3ª Jornada:


22/06/2021 Grp.A Argentina 1-0 Paraguai
21/06/2021
Grp.A Uruguai 1-1 Chile
21/06/2021
Grp.B Colômbia 1-2 Peru
20/06/2021
Grp.B Venezuela 2-2 Equador
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Equador empata com o Peru (2-2)



O Equador empatou com o Peru (2-2), num jogo a contar para a quarta jornada do Grupo B da Copa América. Gonzalo Plata, do Sporting, não esteve nos convocados do conjunto equatoriano.

Um autogolo de Tapia (23’) e um golo de Preciado (45+3’) deixaram o Equador em vantagem ao intervalo. Contudo, os peruanos encetaram uma recuperação com os tentos de Lapadula (49’) e do ex-Sporting e Benfica André Carrillo (54’).

Com este resultado, o Peru encontra-se na terceira posição com quatro pontos, mais dos que o Equador, que ocupa o quarto lugar.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Brasil vence Colombia (2-1)



Autêntico golaço aquele que fez Luis Díaz a abrir o Colômbia-Brasil. Logo aos 10 minutos, após cruzamento da direita, o extremo do FC Porto lançou-se no ar em pontapé acrobático, levando a bola a anichar-se no fundo das redes canarinhas.

O Brasil, porém, viria a dar a volta na segunda partem pouco depois de Everton (Benfica), ser lançado em campo. Roberto Firmino empatou aos 78, de cabeça, lance muito contestado pelos colombianos, entre os quais esteve também Mateus Uribe. Aos 90+10, Casemiro consumou a reviravolta, também de cabeça, após canto batido sobre a direita.

Com este resultado, o Brasil continua invicto na Copa América (três jogos, nove pontos) e vai ainda defrontar o Equador. A Colômbia, por sua vez, terminou a participação na fase de grupos, com quatro pontos, tendo de esperar para saber se vai disputar os quartos de final.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Paraguai vence o Chile (2-0)



O Paraguai ascendeu quinta-feira ao segundo lugar do Grupo A da Copa América em futebol, ao bater o Chile por 2-0, resultado que lhe valeu a qualificação para os quartos de final e eliminou da prova a Bolívia.

Em Brasília, os paraguaios, que tinham batido os bolivianos (3-1) e perdido com a Argentina (0-1), marcaram um golo em cada parte, para imporem o primeiro desaire aos chilenos, campeões em 2015 e 2016, que somavam um triunfo e dois empates.

A formação comandada pelo argentino Eduardo Berizzo adiantou-se no marcador aos 33 minutos, por Braian Samudio, que subiu mais alto do que a defesa contrária e cabeceou violentamente ao segundo poste, após canto de Miguel Almirón, na direita.

Até ao intervalo, o Paraguai poderia ter aumentado a vantagem, num lance a ‘papel químico’, só que Carlos González falhou o alvo, de cabeça, após novo canto de Almirón e uma saída da baliza completamente falhada de Claudio Bravo.

No início da etapa complementar, a seleção ‘guarani’ conseguiu mesmo chegar ao segundo golo, em mais um lance de bola parada, desta vez uma grande penalidade, cometida por Gary Medel, que empurrou e derrubou Carlos González.

Aos 58 minutos, na transformação do castigo máximo, Miguel Almirón não deu hipóteses a Claudio Bravo, colocando a bola junto do poste direito, com o veterano guarda-redes do Betis a atirar-se para o lado contrário.

Na parte final, o Paraguai controlou, sem grandes dificuldades, a vantagem, para somar os três pontos e subir ao segundo lugar, com seis pontos, a um da Argentina, com a qual vai discutir a vitória no agrupamento, à distância, na quinta ronda.


Por seu lado, o Chile, que já estava apurado e fechou a participação na fase de grupos, caiu para o terceiro lugar, com cinco pontos, enquanto o Uruguai conta quatro, contra nenhum da Bolívia, que esta eliminada, com uma ronda por disputar.

Na quinta jornada do Grupo A, marcada para segunda-feira, a Argentina defronta a Bolívia, enquanto o Paraguai mede forças com o Uruguai.

DesportoSapo
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Uruguai vence a Bolívia (2-0)



O Uruguai conseguiu hoje a primeira vitória na edição 2021 da Copa América em futebol, ao terceiro jogo no Grupo A, ao bater a ‘frágil’ Bolívia por 2-0, conseguindo o apuramento para os quartos de final.

Depois do desaire com a Argentina (0-1) e o empate com o Chile (1-1), o conjunto de Óscar Tabárez dominou por completo os bolivianos, num jogo em que desperdiçou oportunidades claras suficientes para conseguir uma goleada.

A ineficácia da formação ‘celeste’ fez com que o primeiro golo tenha nascido de um autogolo, do guarda-redes Carlos Lampe, num lance infeliz da defesa da Bolívia, depois de um cruzamento da direita do ataque uruguaio, aos 40 minutos.

Na segunda metade, o Uruguai foi acumulando perdidas atrás de perdidas, mas, aos 79 minutos, Edinson Cavani conseguiu, finalmente, acertar, para o seu 52.º golo na seleção, em resposta a um centro da esquerda de Facundo Torres.

O festival de falhanços continuou depois do segundo tento, o mais escandaloso de todos protagonizado por Maxi Gómez, que, com a baliza ‘escancarada’, conseguiu atirar ao lado.

Com este triunfo, os uruguaios passaram a somar quatro pontos, a um do Chile (segundo) e dois da Argentina (primeira) e com mais um do que o Paraguai, que só tem dois jogos disputados, menos um do que todas as restantes equipas.

DesportoSapo
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Perú vence Venezuela (1-0)


A Venezuela, comandada pelo treinador português José Peseiro, foi hoje afastada na fase de grupos da Copa América em futebol, ao perder com o Peru por 1-0 e acabar no quinto lugar do Grupo B.

Um golo de André Carrillo, ex-jogador do Sporting e do Benfica, aos 48 minutos, na sequência de um canto, selou o segundo desaire dos venezuelanos - que somaram mais dois empates, saindo da prova sem qualquer triunfo - e o apuramento dos peruanos.

No jogo de hoje, Peseiro já teve vários jogadores recuperados da infeção pelo novo coronavírus, entre os quais dois centrais que atuam na I Liga, Mikel Villanueva, do Santa Clara, e Nahuel Ferraresi, do Moreirense, ambos utilizados os 90 minutos.

Ainda assim, os venezuelanos não conseguiram marcar, ao contrário do que tinha acontecido no encontro anterior, face ao Equador (2-2).

Com o desaire da Venezuela, o grande beneficiado foi o Equador, que, desta forma, garantiu o quarto lugar, com três pontos.

SAPO Desporto
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Brasil empata com o Equador (1-1)



Um Brasil já qualificado empatou (1-1) diante do Equador, em Goiânia, e fechou a participação no Grupo B no 1.º lugar, posição que garantira na jornada anterior. A canarinha seguiu serenamente para os ‘quartos’, levando com ela o Peru, a Colômbia e o Equador. Quem ficou apeado? A Venezuela de José Peseiro! Neymar ficou a descansar e Everton, atacante do Benfica, foi titular, atuando descaído sobre o lado esquerdo. O mínimo que se pode dizer é que teve influência no resultado...

A 1.ª parte foi morna. Sempre mais mandão, o Brasil não necessitou de forçar para se colocar em vantagem. O golo nasceu de um livre cobrado por Everton no lado direito. O atacante do Benfica colocou a bola com o pé direito na área, surgindo Éder Militão (37’) no 3.º andar a faturar de cabeça ao ângulo. O benfiquista, esse, esteve sempre muito em jogo, ensaiando várias diagonais para o meio.


O Equador espevitou após o intervalo e igualou por Mena (53’), que ganhou as costas a Danilo e desfeiteou Alisson. O Brasil baixou ainda mais a intensidade no 2.º tempo, o que também contribuiu para a reação do Equador, claro! Agora no lado direito, Everton continuou a exibição desempoeirada, inventando o lance em que Vinícius Jr. (66’) esbanjou uma chance. Gonzalo Plata (72’), médio do Sporting, entrara há pouco tempo quando Everton (78’) foi substituído.

Record
 
Topo