O que há de novo
Bem-vindos ao Avensat

Junte-se a nós agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Depois de registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos existentes, dar reputação a seus colegas, obter seu próprio mensageiro particular e muito mais. Também é rápido e totalmente gratuito, então de que estás á espera?

Hoquei - Liga Europeia 2021

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
Calendário



hoqueipatins.pt
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
FC Porto entra a vencer


O FC Porto venceu esta sexta-feira o Noia, por 7-4, na primeira jornada do Grupo A da Liga Europeia, graças à reviravolta consumada na segunda parte, após ter estado a perder por 3-0 no primeiro tempo_Os espanhóis adiantaram-se no marcador logo aos dois minutos, por Pol Manrubia, que voltou a marcar aos cinco e o 3-0 foi assinado por Xavi Costa, de grande penalidade (13), que teve resposta imediata de Xavi Barroso (13) e, mais tarde, de Carlo di Benedetto (17).

Pol Manrubia assinou o hat trick no início do segundo tempo (30 minutos), alargou a vantagem espanhola para 4-2, reduzida no minuto seguinte por Gonçalo Alves e a 'avalancha' portista tornou-se difícil de suster, com a reviravolta a acontecer no mesmo minuto, com golos de Ezequiel Mena e Xavi Barroso (33), enquanto Carlo di Benedetto (41) e Gonçalo Alves (48) fecharam as contas.

O duelo entre o primeiro classificado do campeonato nacional e o oitavo da liga espanhola começou de forma surpreendente, com os catalães a chegarem à vantagem logo aos dois minutos, num bom trabalho individual de Pol Marunbia, que iria 'bisar' três minutos depois, ao rematar cruzado, ao ângulo da baliza de Xavi Malián.

A tática da formação de Ferran Lopez era clara: consistência defensiva, agressividade e contra-ataque, frustrando os 'dragões', que criavam mais oportunidades, mas que iam esbarrando nos postes ou no guarda-redes Jesus Fernández.

A formação 100% espanhola chegou ao terceiro golo na repetição de uma grande penalidade, com Xavi Costa a 'disparar' ao ângulo, o que fez soar os alarmes portistas, que conseguiram reduzir no mesmo minuto, num remate de longe de Xavi Barroso.

A agressividade dos catalães era notória em campo e no marcador, tendo chegado às 10 faltas de equipa aos 15 minutos de jogo, mas Jesus Fernández segurou a vantagem na cobrança de Gonçalo Alves e na recarga de Carlo di Benedetto. O francês 'desforrou-se' momentos depois, ao colocar a bola por baixo do corpo do guardião, reduzindo a diferença no marcador à saída para o intervalo (3-2).

No segundo tempo, o Noia voltou a aumentar a vantagem, graças ao 'hat-trick' de Pol Manrubia, na marcação de um livre direto, lance que Carlo di Benedetto desperdiçou segundos depois, mas ganhou um penálti na sequência, convertido por Gonçalo Alves.

Aos 33 minutos, o FC Porto passou da desvantagem para a reviravolta no marcador, usando a 'arma' dos catalães: em dois contra-ataques, Ezequiel Mena e Xavi Barroso colocaram os 'dragões' na frente do marcador pela primeira vez.

A partida tornou-se mais fácil de controlar para os portistas, Gonçalo Alves desperdiçou uma grande penalidade -- repetida por duas vezes --, mas Carlo di Benedetto, com um toque a meia altura, ofereceu a tranquilidade aos 'dragões', que ainda viriam a ampliar a diferença na marcação de um livre direto, por Gonçalo Alves.

Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
Sporting vence na estreia


O Sporting venceu esta sexta-feira o Reus, por 5-3, na primeira jornada da Liga Europeia, iniciando a defesa do troféu conquistado em 2018/19 com um triunfo que vale a liderança provisória do Grupo B. Toni Pérez, aos 10 minutos, e João Souto (16) deram o melhor início ao terceiro classificado do Campeonato Nacional, Àlex Rodriguez, na conversão de uma grande penalidade, ainda reduziu, aos 19 minutos, e Ferran Font (23) devolveu a tranquilidade aos lisboetas antes do intervalo.

No segundo tempo, Àlex Rodriguez 'bisou' para o quarto classificado da Liga espanhola, aos 31 minutos, mas o Sporting resolveu a partida em dois minutos, com tentos de Telmo Pinto (39) e Gonzalo Romero (40), e Pablo Nájera fez o resultado final (49).

A formação de Paulo Freitas impôs desde cedo o seu estilo de jogo e controlou os primeiros minutos da partida, beneficiando de um livre direto a castigar um cartão azul visto por Joan Salvat, mas Ferran Font não conseguiu enganar Càndid Ballart.

O espanhol viria a redimir-se durante a superioridade numérica do Sporting, com um grande passe por entre as pernas a servir o tento inaugural Toni Pérez, e a vantagem até poderia ter sido aumentada no minuto seguinte, num remate de Matías Platero à trave.

Aos 16 minutos, Platero recuperou o esférico numa saída para o ataque dos catalães e alavancou a equipa para o segundo golo, entregando a Alessandro Verona, que serviu João Souto e o português empurrou para a baliza com o 'stick' à altura da cintura, num belo golo coletivo.

As tímidas tentativas do Reus perante uma defesa 'leonina' aguerrida eram negadas por Ângelo Girão, que nada pôde fazer aos 19 minutos, numa grande penalidade convertida por Àlex Rodriguez ao ângulo superior, mas o Sporting viria a aumentar a vantagem, antes do intervalo, na conversão exímia de um livre direto, por parte de Ferran Font.

No reatamento da partida, Font desperdiçou a oportunidade de dilatar a vantagem na conversão de um livre direto, oportunidade que não foi desperdiçada na outra área por Àlex Rodriguez para fazer o 3-2, e até poderia ter assinado o 'hat-trick' dois minutos mais tarde, na marcação de uma grande penalidade, mas Girão negou-o com o patim.

Galvanizados pelo 'guardião', os 'leões' foram à procura do tento da tranquilidade e beneficiaram de nova grande penalidade, cobrada por Gonzalo Romero ao poste, e o golo acabaria mesmo por surgir, num contra-ataque conduzido pelo argentino que o ofereceu a Telmo Pinto.

No minuto seguinte, Ferran Giménez viu o cartão azul e Romero não desperdiçou nova oportunidade de anotar, desta feita com alguma sorte à mistura, já que Càndid Ballart ainda adivinhou, mas o esférico passou-lhe por baixo do corpo.

Até ao final da partida, as equipas desperdiçaram um livre direto cada e já no último minuto, Pablo Néjara fez o 5-3 final depois de uma grande jogada individual.

Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
Empate entre OC Barcelos e Noia elimina espanhóis da Liga Europeia


O OC Barcelos e o Noia empataram este sábado (5-5), na segunda jornada da Liga Europeia, resultado que mantém o FC Porto no primeiro lugar do Grupo A e elimina os espanhóis da competição.

O Noia precisava de vencer para sonhar ainda com o apuramento à 'final-four' depois da derrota com o FC Porto (7-4) na primeira jornada e, tal como nessa partida, entrou a vencer e foi para o intervalo com uma vantagem de 3-1, com golos de Jordi Ferrer, aos cinco minutos, Xavi Costa (15) e Pol Manrubia (19), enquanto Miguel Rocha anotou aos seis minutos.

No segundo tempo, os minhotos foram à procura de mais e até estiveram em vantagem com golos de Luís Querido (30 minutos), Darío Giménez (33) e Miguel Rocha (38), mas os 'bis' de Xavi Costa (44) e Pol Manrubia (46) devolveram a vantagem aos catalães, anulada pelo 'hat-trick' de Miguel Rocha, aos 48 minutos.

Os catalães entraram mais abertos e chegaram ao golo logo aos cinco minutos, Jordi Ferrer, numa 'arrancada' desde a defesa, entrou na área, deixou cair Constantino Acevedo e atirou para inaugurar o marcador, num lance em que ficou exposta a falta de agressividade dos minhotos no primeiro tempo.

Ainda assim, os barcelenses responderam no minuto seguinte, num 'tiro' de Miguel Rocha ao ângulo superior perante um impotente Jesus Fernández, guarda-redes que voltaria a fazer uma boa exibição.

Os espanhóis, fortes na agressividade defensiva e no contra-ataque, tiveram que mudar o 'chip' e assumir as despesas do encontro, voltando a marcar num bom golo de Xavi Costa, que simulou um passe e rematou ao primeiro poste de Acevedo, que voltaria a ser batido pouco depois por Pol Manrubia, num lance em que ficou mal na fotografia.

Com 3-1 ao intervalo, a formação de Rui Neto voltou à pista para recuperar da desvantagem, beneficiando de uma grande penalidade aos 30 minutos, que Luís Querido 'disparou' à trave no primeiro remate, mas na recarga desfeiteou Jesus Fernández.

Do outro lado, uma saída rápida dos catalães com Aleix Esteller e Adrià Ballart podia ter dado o golo, mas desta vez Constantino Acevedo segurou o esférico em cima da linha, com ajuda do poste.

Dois minutos depois, os barcelenses galvanizados beneficiaram de um livre direto, convertido com classe por Darío Giménez, com o qual chegaram à igualdade, operando a reviravolta pouco depois num 'disparo' de Miguel Rocha, fotocópia daquele que já tinha marcado no primeiro tempo.

Porém, a formação 100% espanhola não desistiu e, já depois de Jesus Fernández ter travado o livre direto de Darío Giménez, Xavi Costa voltou a empatar o encontro ao concluir uma boa jogada de Pol Manrubia, o jovem espanhol de 20 anos, que 'bisou' pouco depois na conversão de um livre direto, devolvendo a liderança ao Noia.

Com três minutos para jogar, Miguel Rocha assinou o 'hat-trick' e restabeleceu a igualdade, somando um ponto para os barcelenses que defrontam o FC Porto no domingo, enquanto o Noia fica eliminado matematicamente da 'final-four' da competição.

Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
Segunda parte demolidora compensa mau arranque da Oliveirense frente ao Reus


A Oliveirense venceu este sábado o Réus por 5-1, na segunda jornada da Liga Europeia de hóquei em patins, igualando o Sporting na liderança do Grupo B e eliminando os espanhóis da competição.

Depois da derrota na sexta-feira contra o Sporting (5-3), o Réus era obrigado a ganhar e chegou cedo à vantagem, com o tento do 'capitão' Joan Salvat, aos três minutos, mas apesar da má entrada, o atual quinto classificado do Campeonato Nacional conseguiu reagir ainda na primeira parte e foi em vantagem para o descanso, com golos de Franco Ferruccio (21) e Lucas Martínez (23).

Num segundo tempo 'demolidor', os oliveirenses dilataram a vantagem, com os 'bis' de Martínez (27) e Ferrucio (36), e na conversão de um livre direto por Marc Torra (33), somando os três pontos e tendo uma vantagem de dois golos no confronto direto com o Sporting.

Os catalães entraram a vencer logo aos três minutos, graças a um desvio oportuno do capitão Joan Salvat, naquele que foi um primeiro tempo combativo, com um alto nível de agressividade e confusão entre jogadores.

O Reus poderia ter castigado ainda mais a má entrada da Oliveirense na pista, mas Àlex Rodríguez não conseguiu aproveitar uma grande penalidade, devido a uma grande intervenção de Xavi Puigbi, que voltou a segurar a diferença mínima por duas ocasiões, galvanizando a equipa para o ataque.

Os oliveirenses cresceram nos minutos seguintes e deu-se início a um duelo entre Lucas Martínez e Càndid Ballart, que tudo fazia para evitar o empate, mas aos 21 minutos, não teve capacidade para defender o remate colocado de Franco Ferruccio.

A dois minutos do intervalo, Martínez finalmente levou a melhor sobre o 'guardião', ao capitalizar uma boa jogada individual com um remate ao ângulo superior, operando a reviravolta no marcador antes do descanso.

O descanso fez bem aos oliveirense, que regressaram dos balneários com novo golo de Lucas Martínez, ao aproveitar um ressalto na área para levantar o esférico e bater Càndid Ballart, que voltou a levar a melhor sobre o avançado oliveirense dois minutos depois, ao defender um livre direto que ainda levou a bola ao ferro.

Pouco depois, Àlex Rodriguez viu o cartão azul e deu a possibilidade a Marc Torra de aumentar a vantagem em novo livre direto, que não desperdiçou com um remate forte e colocado, e Franco Ferrucio aumentou a diferença três minutos depois, ao atirar de primeira depois de um grande passe de Jorge Silva.

A entrada forte no segundo tempo resolveu a partida para a formação de Paulo Pereira, com os 'guardiões' Xavi Puigbi e Càndid Ballart em destaque nos minutos finais, evitando que o resultado sofresse mais alterações.

Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
Benfica vence Liceo e lidera Grupo C da Liga Europeia


O Benfica estreou-se na tarde deste sábado no Grupo C da Liga Europeia com um triunfo (7-2) frente ao Liceo da Coruña.

Diogo Rafael e Valter Neves colocaram os encarnados na frente e, apesar do Liceo reduzir por Roberto Di Benedetto, o Benfica aumentou a vantagem até ao intervalo (4-1), por Gonçalo Pinto e outra vez por Diogo Rafael, ainda a fazer um hat-trick (5-1) após o reatamento.


Os encarnados controlaram por completo a partida, ainda com mais um golo de Sergi Aragonès e outro de Gonçalo Pinto (7-1), ainda antes de Marc Grau estabelecer o resultado final, e assumiram o comando da série, mas têm este domingo uma prova de fogo frente ao Barcelona na passagem às meias-finais da competição europeia.

Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
FC Porto empata com OC Barcelos e segue para a final-four


O FC Porto está na final-four da Liga Europeia de hóquei em patins ao empatar com o Óquei de Barcelos 3-3, resultado que garantiu a liderança do Grupo A aos dragões e eliminou os barcelenses da competição.

Numa partida em que a formação de Rui Neto esteve sempre em desvantagem, Rafa inaugurou o marcador aos nove minutos, Luís Querido empatou (10) de grande penalidade, e o 'bis' de Reinaldo Garcia (20 e 24) levou os dragões na vantagem mínima para o intervalo, com golo de Zé Pedro (33) pelo meio.

Um empate bastava aos portistas, enquanto só a vitória interessava aos barcelenses para chegarem à final four - afastados da competição desde 2008/09 --, e no segundo tempo Miguel Rocha ainda devolveu a esperança aos barcelenses, aos 31 minutos, que foram impotentes perante a solidez defensiva da equipa de Guillem Cabestany.

No duelo entre o primeiro e segundo classificados do campeonato nacional, os dragões entraram na partida a saber que só o empate bastava, mas ainda assim abriram o marcador por intermédio de Rafa, ao colocar a bola por cima do ombro de Constantino Acevedo, vantagem que foi prontamente anulada por Luís Querido, na cobrança exímia de uma grande penalidade.

Os barcelenses arriscaram mais e criaram oportunidades claríssimas para Tomás Pereira marcar, a primeira num contra-ataque conduzido por Reinaldo Ventura, mas Xavi Malián impediu o tento com uma grande defesa, e pouco depois foi Cocco que impediu o golo do jovem de 21 anos.

A regra universal dita que quem não marca sofre e Reinaldo Garcia foi o 'carrasco' da primeira parte, primeiro ao rodar por trás da baliza, levantando o esférico e colocando os 'dragões' em vantagem, anulada pouco depois por um 'disparo' de Zé Pedro, mas antes do descanso o argentino voltou a colocar os portistas em vantagem com um belo remate de costas para a baliza e por entre as pernas, surpreendendo Acevedo.

No regresso dos balneários, o guarda-redes barcelense defendeu dois livres diretos, um de Gonçalo Alves e outros de Carlo di Benedetto, lance que surgiu na outra área depois de Reinaldo Garcia ter visto o cartão azul, mas Malián evitou o golo de Darío Giménez.

A jogar em inferioridade numérica por dois minutos, os 'dragões' aguentaram, mas na reentrada do quinto elemento, Miguel Rocha encontrou espaço fora da área e atirou para recolocar a igualdade no marcador.

Nos últimos minutos da partida, o Óquei de Barcelos foi à procura do golo, enquanto o FC Porto concentrou-se em fechar espaços e defender o empate que lhe garantia o apuramento.

Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
OLIVEIRENSE E SPORTING EMPATAM E JUNTAM-SE AO FC PORTO NA 'FINAL FOUR'


Um empate que soube a vitória para as duas equipas. Oliveirense e Sporting empataram (6-6), na 2.ª jornada do grupo B da Liga Europeia, e, dessa forma, ambos os conjuntos garantiram o apuramento para a 'final four' da competição.


Pedro Gil e Telmo Pinto colocaram os leões a vencer por 2-0, cabendo a Marc Torra reduzir. Toni Pérez voltou a dar uma vantagem de dois golos ao Sporting, com Jorge Silva e Lucas Martínez a colocarem o marcador de novo empatado. Numa primeira parte de loucos, Marc Torra bisou e deixou a Oliveirense na frente pela primeira vez, mas, ainda antes do intervalo, Gonzalo Romero e João Souto devolveram o Sporting à liderança.

Nos segundos 25 minutos, o alto nível continuou no Pavilhão Municipal do Luso, na Mealhada. Ferran Font fez o 6-4 para os verde e brancos, mas, logo de seguida, Marc Torra, voltou a marcar. A cinco minutos do fim, Vítor Hugo selou o 6-6 final.


Com este empate, a Oliveirense garante o primeiro lugar do grupo B, com 4 pontos, tantos quantos o Sporting. O conjunto de Oliveira de Azeméis, porém, levou a melhor na diferença de golos – 11 marcados e 7 sofridos, com os de Alvalade a terminarem com 11 marcados e 9 sofridos.

O Sporting também está na 'final four', uma vez que conseguiu ser o segundo melhor classificado dos três grupos.


No grupo C, refira-se, Benfica (3 pontos) e Barcelona (1 ponto), medem forças a partir das 20 horas, para decidirem quem será o último apurado. Em caso de vitória ou empate, os encarnados garantem a qualificação, ficando, dessa forma, a final four só com equipas portuguesas, uma vez que FC Porto, Oliveirense e Sporting já garantiram o passaporte para a decisão do título europeu, agendado para os dias 15 e 16 de maio, também no Luso.

A Bola
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
Benfica goleia Barcelona e garante 'final four' totalmente portuguesa


O Benfica juntou-se a Oliveirense, FC Porto e Sporting na final four da Liga Europeia de hóquei em patins, ao vencer o Barcelona por 6-2, na última jornada do grupo C da primeira fase.

Com o apuramento da equipa encarnada, Portugal completa o pleno na fase decisiva da prova, com quatro equipas, tendo as quatro equipas espanhola presentes esta fase sido eliminadas: Barcelona, Noia, Réus e Liceo da Corunha.

No último encontro do dia, o Benfica entrou em campo a precisar apenas do empate para assegurar a vitória no grupo, mas revelou-se claramente superior à equipa catlã, a quem só o triunfo interessava, vencendo por claros 6-2.

Antes, Oliveirense e Sporting tinham-se apurado no grupo B, ao empatarem 6-6. Igualadas na frente com três pontos, as duas equipas lutaram para assegurar o triunfo no grupo, mas o empate acabou por assegurar à Oliveirense o triunfo na 'poule', devido à melhor diferença de golos, enquanto os leões, detentores do troféu, também seguiram em frente, ao serem os melhores segundos classificados dos três grupos.

No arranque do dia, o FC Porto assegurou o triunfo no grupo A, ao empatar 3-3 com o Óquei de Barcelos, vencendo o grupo com quatro pontos, mais dois do que a equipa de Barcelos, segunda.

A final four da principal competição continental de clubes vai ser disputada em 14 e 15 de maio.

Por Record
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
FC PORTO DÁ A VOLTA A DESVANTAGEM DE 4 GOLOS E ESTÁ NA FINAL DA LIGA EUROPEIA


O FC Porto venceu, este sábado, a Oliveirense, por 6-4, na primeira meia-final da final4 da Liga Europeia de hóquei em patins, que decorre no Luso.

A equipa de Oliveira de Azeméis entrou a todo o gás e chegou à vantagem por 4-0, golos de Jordi Bargalló, Marc Torra, Henrique Magalhães e Lucas Martínez, mas os dragões operaram a reviravolta e chegaram ao 6-4, golos de Ezequiel Mena (2), Carlo Di Benedetto (2), Poka e Xavier Barroso.

Na final, a equipa de Guillem Cabestany vai defrontar o vencedor do dérbi entre Benfica e Sporting (21h).

A Bola
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
SPORTING VENCE BENFICA NOS PENÁLTIS E ESTÁ NA FINAL DA LIGA EUROPEIA


Após empate a cinco no final do prolongamento, o Sporting venceu o Benfica nas grandes penalidades e está na final da Liga Europeia de hóquei em patins, onde vai defrontar o FC Porto.

Carlos Nicolía e Lucas Ordoñez (2) marcaram os golos das águias no tempo regulamentar, vantagem anulada pelo Sporting através de Matías Platero, Ferran Font e Toni Pérez. No prolongamento, os leões estiveram em vantagem por duas vezes, golos de Matías Platero e Ferran Font, mas o Benfica logrou a igualdade nas duas ocasiões, mercê das finalizações de Sergi Aragonès e Carlos Nicolía.

Nos penáltis, Alessandro Verona marcou por duas vezes, enquanto Carlos Nicolía foi único das águias capaz de bater Ângelo Girão, ainda na primeira série de 5. Já na ‘morte súbita’, o mesmo Nicolía desperdiçou e permitiu o apuramento do Sporting para a final, marcada para as 17h30 de domingo.

Nota ainda para, na decisão das grandes penalidades, o Benfica ter chegado a selar a vitória, com golo de Diogo Rafael, mas o lance acabou invalidado por, alegadamente, o árbitro não ter levantado o braço dando a autorização para o remate.

A Bola
 

benfas69

Sub-Administrador
Staff member
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
10,230
Reaction score
44
Pontos
48
Idade
50
SPORTING VENCE FC PORTO E SAGRA-SE BICAMPEÃO EUROPEU


O Sporting conquistou, este domingo, a Liga Europeia de hóquei em patins pela terceira vez, a segunda consecutiva, ao vencer o FC Porto, por 4-3, após prolongamento, na final disputada no Luso.

O FC Porto esteve a vencer por 2-0, com golos de Rafa, aos quatro minutos, e Gonçalo Alves, no minuto seguinte, mas o Sporting levou a decisão para o prolongamento graças a um autogolo de Ezequiel Mena, aos 14’, e por Toni Pérez, aos 38’.

Toni Pérez e Gonzalo Romero, ambos aos 53 minutos, colocaram os leões a vencer por 4-2, pertencendo a Gonçalo Alves, aos 58’, da conversão de um penálti, o golo que fixou o resultado.

A Bola
 
Topo