O que há de novo
Bem-vindos ao Avensat

Junte-se a nós agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Depois de registrado e logado, você poderá criar tópicos, postar respostas a tópicos existentes, dar reputação a seus colegas, obter seu próprio mensageiro particular e muito mais. Também é rápido e totalmente gratuito, então de que estás á espera?

Copa América 2021 - Notícias e Resultados

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Uruguai vence o Paraguai, por 1-0




O Uruguai, que partiu do quarto lugar do agrupamento, subiu a segundo, ao vencer o Paraguai, que caiu para o terceiro, por 1-0.

Um penálti de Edinson Cavani, para o seu golo 53 com a camisola da seleção celeste, aos 21 minutos, foi suficiente para os uruguaios vencerem, num jogo que dominaram totalmente, mas em que somaram ocasiões desperdiçadas.

Nos quartos de final, a Argentina defronta o Equador, o Uruguai mede forças com a Colômbia, o Paraguai enfrenta o Peru e o Chile joga com o anfitrião Brasil.


Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina vence Bolívia por 4-1



A Argentina conquistou esta segunda-feira o Grupo A da Copa América, ao bater a Bolívia por 4-1, resultado que a afasta da rota do Brasil, que só poderá defrontar na final.

Numa quinta e última ronda do agrupamento em que o Uruguai superou o Paraguai por 1-0, para acabar no segundo posto, a figura foi Lionel Messi, que celebrou a internacionalização 148 - contra 147 de Javier Mascherano - com dois golos e uma assistência.


O capitão da formação albi-celeste fez o passe, por cima da defesa contrária, para o primeiro golo do encontro, apontado por Alejandro 'Papu' Gómez, aos seis minutos, com um remate violente de pé esquerdo sem deixar a bola cair no relvado.

Aos 33 minutos, o mesmo Gómez foi carregado na área por Diego Bejarano e, na transformação do respetivo castigo máximo, Lionel Messi enganou Lampe e colocou a Argentina a vencer por 2-0, com um remate colocado que entrou junto ao poste esquerdo.

Ainda na primeira parte, Messi chegou ao bis, desta vez com um bonito chapéu a Lampe, depois de aparecer isolado à entrada da área boliviana, servido por Sergio 'Kun' Agüero.

Com os dois tentos, o jogador do Barcelona isolou-se na tabela dos marcadores da edição 2021 da Copa América, com três golos, para um total de 75 pela Argentina, aos quais acrescenta 42 assistências.

Na segunda metade, Erwin Saavedra ainda reduziu, aos 60 minutos, assistido por Leonel Justiniano, mas a Argentina repôs rapidamente três golos de vantagem, numa jogada de insistência concluída por Lautaro Martínez, aos 65'.

Até ao final, os comandados de Lionel Scaloni acumularam e desperdiçaram oportunidades suficientes para construir uma expressiva goleada.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49



Copa América 2021

Fase de Grupos
5ª Jornada:

2021/06/23 Grp.A Turquia 5-1 Cazaquistão
2021/06/23
Grp.A Portugal 1-0 Ucrânia
2021/06/23
Grp.B Dinamarca 3-4 Roménia
2021/06/23
Grp.B Itália 3-1 Alemanha
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49



Copa América 2021

Fase de Grupos
Classificação:

Grupo A

Argentina 10
Uruguai 7
Paraguai 6
Chile 5
Bolívia 0

Grupo B

Brasil 10
Peru 7
Colômbia 4
Equador 3
Venezuela 2
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49


Copa América 2021

Quartos Final

Peru 02/07, 22:00 Paraguai
Brasil
03/07, 01:00 Chile
Uruguai
03/07, 23:00 Colômbia
Argentina
04/07, 02:00 Equador
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Brasil elimina o Chile (1-0)



A seleção brasileira derrotou a congénere chilena por 1-0 e assegurou o passaporte para as meias-finais da Copa América.

Brasil teve bastantes dificuldades para garantir a vitória frente aos chilenos. Chegou ao golo por intermédio de Paquetá, aos 46 minutos, mas a situação ficou muito complicada para os brasileiros após a expulsão de Gabriel Jesus (48), que viu vermelho direto devido à entrada sobre Mena.

A seleção canarinha foi obrigada a assinar uma excelente exibição em termos defensivos para evitar que o Chile conseguisse inverter o resultado. A seleção chilena ainda chegou a marcar e a sonhar com a reviravolta, mas o golo foi anulado por fora de jogo.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Peru elimina o Paraguai nos penáltis (3-3, 4-3 g.p.)


O Peru desperdiçou na sexta-feira quase meia parte em superioridade numérica, mas bateu o Paraguai nos penáltis (4-3), após empate a três nos 90 minutos, em Goiânia, no Brasil, e está nas meias-finais da Copa América em futebol.

Num primeiro jogo dos ‘quartos’ muito emotivo, Miguel Trauco selou o apuramento dos vice-campeões em título ao 12.º pontapé, num desempate em que o guarda-redes paraguaio (Antony Silva) até parou mais um remate - dois contra um - do que o peruano (Gallese), mas Hectór Martínez e Braian Samudio atiraram para as ‘nuvens’.

Ao longo do tempo regulamentar, os peruanos estiveram a perder por 1-0, viraram para 2-1, deixaram-se empatar já a jogar 11 contra 10, após a expulsão de Gustavo Gómez, recuperaram a liderança ainda com mais um, mas, no 10 contra 10, depois do vermelho a André Carrillo, os paraguaios resgataram a igualdade.

Gianluca Lapadula ‘bisou’ para os peruanos, aos 21 e 40 minutos, sendo que Yoshimar Yotún também faturou, aos 80, em três jogadas com participação de Carrillo, ex-jogador de Sporting e Benfica, que acabaria ingloriamente expulso, aos 85.

Pelos paraguaios, faturaram Gustavo Gómez, aos 11 minutos, antes de ser expulso, aos 45+3, também por acumulação de amarelos, Júnior Alonso, aos 54, e o suplente Gabriel Ávalos, já aos 90.

Nas meias-finais, o Peru, campeão em 1939 e 1975, vai jogar com o anfitrião Brasil - no que seria a reedição da final de 2019 (3-1 para os ‘canarinhos’) - ou o Chile, num embate marcado para segunda-feira, no Rio de Janeiro.


A formação paraguaia, desfalcada do lesionado Almirón, entrou melhor e adiantou-se no marcador logo aos 11 minutos, na sequência de um canto: Richard Sánchez marcou na esquerda, Héctor Martínez cabeceou para grande defesa de Gallese, mas, na recarga, Gustavo Gómez empurrou para dentro da baliza.

Os peruanos reagiram e conseguiram chegar ao empate aos 21 minutos, por Gianluva Lapadula, que iniciou a jogada e finalizou-a na pequena área, assistido por André Carrillo.

O Paraguai poderia ter retomado o comando do marcador num ressalto que levou a bola à barra da baliza de Gallese, aos 27 minutos, mas foi o Peru a marcar, aos 40, com Carrillo a tocar de calcanhar para Yotún e este a isolar Lapadula para o ‘bis’.

Até ao intervalo, os peruanos ficaram ainda mais por cima no jogo, já que, aos 45+2 minutos, Gustavo Gómez, já ‘amarelado’, tocou com o braço em Lapadula, que ‘teatralizou’ e levou o árbitro a mostrar o segundo amarelo ao ‘capitão’ do Palmeiras.

Mesmo com 10, o Paraguai entrou para a segunda parte determinado a chegar à igualdade, o que conseguiu em mais um canto, aos 54 minutos: Richard Sánchez marcou na direita, Carlos González ganhou de cabeça e a bola bateu em Yotún e sobrou para Júnior Alonso, que teve a frieza para atirar para o sítio certo.

A igualdade mudou o jogo, já que o Peru voltou a assumir o comando e a somar ameaças, por Miguel Trauco (65 minutos), Carrillo (67), Cueva (69) e Ormeño (70), até marcar, aos 80, num lance feliz de Yotún, que, após um passe de Carrillo, viu o seu remate bater em Robert Rojas e trair Antony Silva.

O Peru parecia, de novo, por cima, mas, aos 85 minutos, Carrillo viu o segundo amarelo e foi expulso – ficando ‘desesperado’ -, com o Paraguai a aproveitar a igualdade numérica para fazer o último ‘assalto’ à baliza dos peruanos.

Aos 88 minutos, Lapadula ainda esteve perto do ‘hat-trick’, mas falhou o desvio de cabeça, após um livre, e, na resposta, aos 90, Gabriel Ávalos marcou, aproveitando um ressalto, após centro da esquerda de Hector Martínez e insistência de Braian Samudo.

No desempate por grandes penalidades, Héctor Martínez (quinto pontapé) e Braian Samudio (sétimo) atiraram paras as ‘nuvens’ e Alberto Espinosa (11.º) permitiu a defesa a Gallese, de nada valendo ao Paraguai as defesas de Antony Silva em resposta aos remates de Santiago Ormeño (sexto) e Christian Cueva (10.º).

DesportoSapo
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Colômbia elimina Uruguai (0-0, 4-2 após grandes penalidades)



A Colômbia qualificou-se para as meias-finais da Copa América ao afastar o Uruguai no desempate por penáltis (4-2 após o nulo no final dos 90 minutos) em Brasília.

Giménez e Viña não conseguiram converter. Luis Díaz (FC Porto) esteve em muitíssimo bom plano e gerou desequilíbrios no flanco esquerdo, sendo um quebra-cabeças para o Uruguai. Infelizmente, não teve a serenidade que se lhe pedia na hora de finalizar. Por seu turno, Sebastián Coates (Sporting) não chegou a saltar do banco.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina elimina o Equador (3-0)




A Argentina sentiu este sábado problemas para superar o Equador e rumar às meias-finais da Copa América, num jogo em que o 3-0 final, em Goiânia, só foi possível porque os albicelestes tiveram Lionel Messi.

Depois de ter finalizado contrato com o Barcelona, o argentino fez as assistências para os golos de Rodrigo de Paul (40 minutos) e Lautaro Martínez (84') e, a acabar (90+3'), fechou a contagem de livre direto.

Messi, que completou há poucos dias 34 anos, passou a somar 76 golos e 44 assistências pela Argentina, em 148 jogos, e 13 golos e 16 assistências na Copa América, incluindo os quatro tentos e os quatro passes para golo na edição de 2021.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Brasil vence o Peru (1-0) e está na final da Copa América



O Brasil está na final da Copa América, após vencer o Peru, por 1-0. Lucas Paquetá, aos 35 minutos, após assistência de Neymar, fez o único golo da partida.

O extremo do Benfica Everton foi titular pela segunda vez na competição e esteve perto de fazer o gosto ao pé, mas Pedro Gallese, guarda-redes peruano, evitou o golo. Acabou substituído aos 70 minutos.

O Brasil, que persegue o 10.º título na competição, espera agora pelo desfecho do encontro entre Argentina e Colômbia para conhecer o seu adversário na final, marcada para sábado, no Maracanã.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina venceu a Colômbia (1-1, 3-2 g.p.) e está na final



A Argentina venceu a Colômbia no desempate por grandes penalidades (3-2), depois de um empate a uma bola no final do tempo regulamentar, e vai agora defrontar o Brasil na final da Copa América.

Embora a seleção das Pampas, que teve o benfiquista Otamendi no onze, tivesse marcado logo aos seis minutos, com Lionel Messi a assistir Lautaro Martínez, a Colômbia não se deu por vencida e atacou até chegar ao golo do empate, que apenas surgiu na segunda parte, aos 61 minutos: Cardona lançou Luis Díaz (FC Porto) em velocidade e, quando Martínez saiu da baliza, o extremo disparou com sucesso.

O jogo acabou por ser decidido em pontapés dos 11 metros, com o guarda-redes argentino Emiliano Martínez a ser a grande figura, com três defendidos.

A Argentina vai agora defrontar o Brasil na final da Copa América e, se vencer, termina com jejum de títulos de 28 anos.

A Bola
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Luis Díaz bisa e dá terceiro lugar à Colômbia na Copa América



Uma excelente exibição do portista Luis Díaz, coroada com um grande golo aos 90+4 minutos, na última madrugada à Colômbia um triunfo por 3-2 sobre o Peru e o terceiro lugar da Copa América.

Em Brasília, o avançado do FC Porto aproveitou o jogo de consolação para juntar mais brilho à sua prestação na prova, num jogo em que conseguiu o seu primeiro bis ao serviço da formação cafetera, pois já tinha marcado aos 66 minutos.

Juan Cuadrado, de livre direto, apontou, aos 49 minutos, o outro golo dos colombianos, que acabaram no pódio pela sétima vez, e quinta no terceiro lugar, repetindo 1987, 1993, 1995 e 2016 - foram ainda campeões em 2001 e 'vices' em 1975.

Por seu lado, Yoshimar Yotún, aos 45', e Gianluca Lapadula, aos 82', faturaram para os peruanos, vice-campeões em 2019, que falharam o que seria o seu 12.º pódio.

Luis Díaz e Lapadula juntaram-se, com os seus golos em Brasília, a Lionel Messi na liderança da lista dos marcadores, com quatro, sendo que o argentino defronta na próxima madrugada o Brasil na final da prova, no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

A formação peruana teve a primeira grande ocasião, aos 28 minutos, mas, isolado por Cueva, Lapadula atirou ao lado do poste esquerdo, para, aos 39, Sergio Peña fintar o guarda-redes Camilo Vargas e, já sem grande ângulo, a rematar por cima da barra.

O conjunto de Ricardo Gareca ainda conseguiu, no entanto, marcar antes do intervalo, com um grande lançamento em profundidade de Sergio Penã para Cueva, que tocou na altura certa para o 'chapéu' de Yotún ao guarda-redes colombiano.

No início da segunda parte, mais precisamente aos 49 minutos, os 'cafeteros', restabeleceram a igualdade, num livre direto de Cuadrado que passou por entre a barreira, culpa de Lapadula e Callens e da 'cratera' que abriram.

Luis Díaz começou a aparecer no jogo aos 52 minutos, com um remate acrobático que Gallese deteve, mas, depois de um remate à barra de Lapadula, aos 58, marcou mesmo aos 66, assistido pelo guarda-redes Camilo Vargas e depois de um domínio com o ombro.

Os colombianos estavam por cima na segunda parte, mas, aos 82 minutos, numa bola parada, o Peru restabeleceu a igualdade: Raziel García marcou um canto na direita e, no 'coração' da área, Lapadula antecipou-se a todos e cabeceou vitoriosamente.

Os penáltis pareciam o destino inevitável do jogo, só que, aos 90+4 minutos, Luis Díaz - depois de um toque de Muriel, que tinha entrado para a lotaria - fletiu da esquerda para o meio e 'fuzilou' Gallese, fechando o jogo em grande estilo.

Record
 

benfas69

Platina
Staff member
Moderador Avensat
Entrou
Mai 17, 2020
Mensagens
5,605
Reaction score
42
Pontos
48
Idade
49
Argentina conquista Copa América 28 anos depois



A Argentina conquistou na madrugada deste domingo a Copa América ao bater o Brasil, na final da competição, por 1-0, uma partida que se realizou no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro.

Angel Di María, extremo do Paris Saint-Germain, fez aos 22 minutos o único golo do encontro, que contou com os benfiquistas Nicolás Otamendi e Everton de início. Marchesín, guarda-redes do FC Porto, não saiu do banco de suplentes.

Este é um título que fugia à 'Albiceleste' há 28 anos - a última conquista havia sido em 1993. É a 15.ª Copa América que a Argentina conquista na sua história, nove delas fora de portas.

Nota ainda para o facto de este ser o primeiro troféu de Lionel Messi ao serviço da Argentina. Está quebrada a malapata.

Record
 
Topo